Edições anteriores 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022 2023
 
Convidados VII Fantaspoa
Nesta sétima edição do Fantaspoa, todos os dias de festival terão sessões comentadas. Serão 27 convidados, entre diretores e produtores dos filmes apresentados no festival, sendo cinco brasileiros e 22 estrangeiros. Trata-se de uma oportunidade única para os espectadores conversarem com os profissionais responsáveis pela produção de algumas das obras programadas. Além disso, serão realizadas três sessões surpresa no festival. O grande diferencial é que, além de o público só saber a qual filme assistirá minutos antes da sessão, todas as três obras assim apresentadas terão a presença de seus respectivos diretores, que conversarão com o público após as exibições.

Aproveitem, e cheguem cedo!
Abaixo, a listagem dos convidados, seus filmes e as respectivas datas das sessões comentadas.
Alexander Adolph – Alemão natural de Munique, roteirizou 13 títulos, para cinema e televisão. Sua estreia com longas-metragens foi com o documentário “Die Hochstapler”. O Último Empregado é seu terceiro longa-metragem. Já ganhou dois prêmios Adolf Grimme Award, o mais prestigiado da televisão alemã. Sua vinda é apoio especial do Goethe Institut de Porto Alegre. Estará comentando o filme “O Último Empregado”, dia 13/07 (quarta-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Ann Rotolante– Norte-americana da Flórida, estudou na Wright State University. Trabalhou na edição de documentários e é produtora e editora de “True Nature”. Estará comentando o filme “True Nature”, dia 09/07 (sábado), no Cine Bancários, às 21:15.
Ayar Blasco – Nasceu na Argentina, em 1975, e viveu grande parte da vida no Equador. Estudou animação no Instituto de Artes Cinematográficas de Avellaneda, na Argentina, e é roteirista, cartunista e desenhista de histórias em quadrinhos. Estará comentando o filme “O Sol”, dia 08/07 (sexta-feira), no Cine Santander, às 19:00.
Brian Benson – Norte-americano, produziu em 2000 seu primeiro longa-metragem, Haiku Tunnel, que foi exibido em Sundance e conseguiu distribui��o pela Sony Pictures Classics. Ap�s, produziu mais cinco filmes, inclusive Howl, que tem produ��o executiva assinada por Gus Van Sant. Estar� comentando o filme "Tudo sobre a Maldade", dia 12/07 (ter�a-feira), no Cine Banc�rios, �s 21:15.
Clay Liford – Norte-americano natural de Nova Iorque, participou na direção de fotografia e na edição de mais de 10 títulos, incluindo longas e curtas-metragens. Bastante aclamado, Clay Liford já realizou três longas-metragens e teve seus trabalhos exibidos em importantes festivais de cinema, como Sundance e South By Southwest. Estará comentando o filme “Terráqueos”, dia 14/07 (quinta-feira), no Cine Santander, às 19:00.
Fabián Forte – Argentino, estudou na Escuela Superior de Cinematografia. Escreveu e dirigiu 8 curtas-metragens e sua primeira investida com longas-metragens foi com o filme “Carnal”, o qual rendeu a ele o prêmio de melhor direção no San Francisco Fearless Tales Genre Festival. Como ator, contracenou em 8 filmes e 6 peças. Estará comentando o filme “Malditos Sejam!”, dia 14/07 (quinta-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Demian Rugna – Argentino, é diretor e roteirista especializado em cinema fantástico e de horror. Escreveu o roteiro original de “Death Knows Your Name”, dirigido por Daniel de La Vega, e seu primeiro longa-metragem, “The Last Gateway”, foi premiado nos festivais Puerto Rico Horror Film Fest e Buenos Aires Rojo Sangre. Atualmente, está mais dedicado a trabalhos para a televisão. Estará comentando o filme “Malditos Sejam!”, dia 14/07 (quinta-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Felipe M. Guerra – gaúcho nascido em Carlos Barbosa, realiza filmes de baixíssimo orçamento e já filmou três curtas e três longas-metragens. Seus filmes eram inicialmente vendidos por meio de contatos realizados pela internet, o que trouxe a ele certa fama, atraindo a atenção do apresentador Luciano Huck, que atuou em um de seus curtas-metragens.  Estará comentando o filme “Entrei em Pânico ao Saber o que Vocês Fizeram na Sexta-feira 13 do Verão Passado - A Hora da Volta da Vingança dos Jogos Mortais de Halloween”, dia 03/07 (domingo), no Cine Bancários, às 21:15.
Fernando Spiner – Argentino, estudou no Centro Sperimentale Di Cinematografía, em Roma. Foi professor de comunicação social da Universidad de Buenos Aires e da Escuela Nacional de Experimentación y Realización Cinematografía (ENERC), do INCAA. Ganhou diversos prêmios, dirigindo documentários, curtas-metragens e séries para televisão. Um de seus filmes, o multipremiado “La Sonámbula”, foi roteirizado por Fabián Bielinsky (diretor de Aura e Nove Rainhas). Estará comentando o filme “Aballay, o Homem sem Medo”, dia 17/07 (domingo), no Cine Bancários, às 19:00.
Geoff Marslett – Norte-americano, estudou matemática, filosofia, artes, ciências e letras antes de trabalhar com cinema. Dirigiu 14 curtas-metragens e, em 2009, foi listado entre “as 25 novas faces da produção fílmica independente”, pela Filmmaker Magazine. Leciona na University of Texas. Estará comentando o filme “Marte”, dia 05/07 (terça-feira), no Cine Santander, às 19:00.
Hernán Moyano – Argentino, um dos fundadores de Mondo Trasho, produtora argentina dedicada a realizar filmes independentes de horror. Após a interrupção das atividades da Mondo Trash, fundou a produtora independente Paura Flics, uma das mais experientes da indústria cinematográfica argentina. Foi editor e atuou na produção de mais de 10 longas-metragens. Estará comentando o filme “Suor Frio”, dia 10/07 (domingo), na Sala Paulo Amorim, às 19:00.
Jim Klein – Produz filmes independentes desde 1969. Juntamente com Julia Reichert, dirigiu documentários que rendeu à dupla diversos prêmios internacionais, bem como duas indicações ao Oscar. Nos últimos anos, tem trabalhado como editor de filmes. Estará comentando os filmes “Metadona – Uma Maneira Americana de Traficar”, dia 07/07 (quinta-feira), na Sala Eduardo Hirtz, às 19:00, e “True Nature”, dia 09/07 (sábado), no Cine Bancários, às 21:15.
Jim Mickle – Norte-americano, estudou cinema na Universidade de Nova Iorque. Trabalhou em produções como Transamérica e Shortbus. Seu primeiro longa-metragem é de horror e se chama Mulberry Street. Stake Land é seu segundo lonta-metragem. Estará comentando o filme “Stake Land”, dia 17/07 (domingo), no Cine Bancários, às 21:15.
Joshua Grannell – Norte-americano, é também conhecido nos Estados Unidos como Peaches Christ pelas suas performances como Drag Queen, principalmente nas famosas sessões Midnight Mass, que apresenta filmes seguidas de debates com convidados especiais, como John Waters, Elvira, Linda Blair. “Tudo sobre a Maldade” é seu primeiro longa-metragem. Estará comentando o filme “Tudo sobre a Maldade”, dia 12/07 (terça-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Kapel Furman – paulista, é artista plástico formado em cinema. Dirigiu os curtas-metragens “Coleção de Humanos Mortos”, “Haikai-o-Hotel” e “06 tiros, 60 Ml”. É considerado um dos maiores especialistas em maquiagem e efeitos especiais do Brasil, tendo trabalhado em diversos filmes, como “Amarelo Manga”, “Bellini e a Esfinge”, “O Cheiro do Ralo”, “Onde Andará Dulce Veiga”, “Encarnação do Demônio”, “Bróder”, entre outros. Polvora Negra é seu primeiro longa-metragem. Estará comentando o filme “Polvora Negra”, dia 02/07 (sábado), no Cine Bancários, às 21:15.
Kyle Rankin – Norte-americano, estudou na Universidade de Maine. Co-dirigiu o longa-metragem “The Battle of Shaker Heights”, produzido por Ben Affleck e Matt Damon. Seu penúltimo longa-metragem, “Infestation”, foi produzido pela Icon Productions, de Mel Gibson. Estará comentando o filme “Família Nuclear”, dia 10/07 (domingo), no Cine Bancários, às 21:15.
Lamberto Bava – Diretor italiano, filho de Mario Bava, trabalhou como assistente de direção e roteirista em diversos filmes, e colaborou com Dario Argento e Ruggero Deodatto. Dirigiu mais de 30 longas-metragens em sua carreira, contando com títulos para o cinema e para a televisão, tendo realizado três novos filmes em 2010 e 2011. Estará comentando os filmes “A Máscara do Demônio”, “Sequestrado”, “Presságio” e “Demons – Filhos das Trevas”, nos dias 05, 06, 07 e 08 de julho, no Cine Bancários, às 21:15.
Luiz Begazo – Brasileiro, dirigiu um longa-metragem em sua carreira (Man�ushe). Trabalhou com comerciais de televis�o. Estar� comentando o filme "Man�ushe", dia 04/07 (segunda-feira), no Cine Banc�rios, �s 21:15.
Marina Glezer – Argentina, é atriz e, no cinema, atuou em mais de 10 longas-metragens, incluindo Valentín e Diários de Motocicleta. Atuou em diversos trabalhos para a televisão, e ganhou prêmios de Melhor Atriz pelo filme El Polaquito (Premios Cóndor de Plata e Festival de Montreal). Estará comentando o filme “Suor Frio”, dia 10/07 (domingo), na Sala Paulo Amorim, às 19:00.
Matthew Avant – Norte-americano, dirigiu, roteirizou, produziu e editou o seu primeiro longa-metragem, “Lunópolis”. Estará comentando o filme “Lunópolis”, dia 16/07 (sábado), no Cine Bancários, às 21:15.
Mayra Alarcón – Chilena radicada em Guarapari, no Espírito Santo, trabalhou como assistente de direção do filme “Mangue Negro”, bem como atuou e produziu “A Noite do Chupa-Cabras”. Estará comentando o filme “A Noite do Chupa-Cabras”, dia 01/07 (sexta-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Michael David Weis – Norte-americano, atuou num curta-metragem e trabalhou na parte de produção dos filmes “Carried Away”, “Night Crawlers” e “Lunópolis’. Estará comentando o filme “Lunópolis”, dia 16/07 (sábado), no Cine Bancários, às 21:15.
Pablo Illanes – Chileno, é escritor, roteirista e diretor de cinema. Criou várias telenovelas muito bem sucedidas no Chile e escreveu 4 romances, até iniciar sua carreira no cinema, com a realização de seu primeiro longa-metragem, “Chá de Bebê”.  Estará comentando o filme “Chá de Bebê”, dia 09/07 (sábado), na Sala Paulo Amorim, às 19:00.
Patrick Steele – Norte-americano de Indiana, estudou cinema na Columbia College Chicago na década de 80. Filmou quatro curtas-metragens premiados, trabalhou com restauração de filmes e deu palestras sobre produção e pós-produção cinematográfica em universidades dos EUA. Atualmente, é professor adjunto de cinema na Wright State University. True Nature é sua estreia na direção de longa-metragem. Estará comentando o filme “True Nature”, dia 09/07 (sábado), no Cine Bancários, às 21:15.
Rodrigo Aragão – Capixaba, dirigiu o longa-metragem “Mangue Negro”, que foi exibido pela primeira vez no Fantaspoa, fora de competição, e posteriormente ganhou prêmios nos festivais Buenos Aires Rojo Sangre, Santiago Rojo Sangre e venceu em duas categorias da premiação Omelete Marginal. É também especialista em maquiagens e efeitos especiais. Estará comentando o filme “A Noite do Chupa-Cabras”, dia 01/07 (sexta-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Simon Rumley – Diretor inglês ganhador de mais de 20 prêmios em festivais e realizador do cultuado longa-metragem The Living and the Dead. Nos últimos 13 anos, escreveu, produziu e dirigiu cinco longas-metragens aclamados, juntamente com alguns curtas-metragens, tornando-o um dos mais prolíficos e bem sucedidos diretores independentes da Grã-Bretanha. Estará comentando o filme “Vermelho, Branco e Azul”, dia 11/07 (segunda-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Stefano Bessoni – Italiano, estudou na Escola de Belas-Artes em Roma. Atuou como operador de câmera, diretor de fotografia, editor, produtor, roteirista e diretor de diversos filmes, tendo trabalhado por três anos com o aclamado diretor Pupi Avati. Krokodyle é seu terceiro longa-metragem. Estará comentando o filme “Krokodyle”, dia 15/07 (sexta-feira), no Cine Bancários, às 21:15.
Atividades
Informações
Blog Fantaspoa
Veja a cobertura em todos os detalhes e ainda comente sobre o festival. Clique aqui.
Newsletter
Preencha com seu e-mail e receba nossa news
As obras audiovisuais foram classificadas indicativamente pela organização do VII Fantaspoa, nos termos da Portaria nº 3.203, de 8 de outubro de 2010, expedida pelo Ministério da Justiça.
COPYRIGHT 2010 - 2011 FANTASPOA, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS